Deputado Arnaldo defende a criação de Apac feminina de Frutal em audiência pública
Deputado Arnaldo defende a criação de Apac feminina de Frutal em audiência pública

Governador em exercício autoriza funcionamento da Apac feminina de Frutal

O governador em exercício de Minas Gerais, desembargador Nelson Missias de Morais, assinou na quinta-feira (29/11), no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte, o termo de colaboração entre o Estado e a Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (Apac) Feminina de Frutal. Essa parceria permite o início do funcionamento da Apac Feminina na cidade. O deputado estadual Arnaldo Silva (DEM) comemora essa conquista para o município.

Desde o início do mandato, estávamos trabalhando para que Frutal, que é referência na Apac masculina, também pudesse ofertar vagas para as mulheres. Este modelo prisional tem um índice de reincidência baixo e proporciona maior recuperação e reintegração social dos condenados”, afirmou Arnaldo.

O investimento anual por parte do governo de Minas para custear os trabalhos na Apac feminina de Frutal é de R$ 1,26 milhão. A unidade tem capacidade para receber 130 mulheres. O governador em exercício ressaltou o papel da Apac na recuperação de quem comete crimes. “A Apac é uma forma de sair do modelo convencional, que não recupera ninguém, que é desastroso e pouco humano com seus condenados. No modelo da Apac, o índice de reincidência nunca passa dos 15%, enquanto no sistema convencional bate a casa dos 80%, além de representar um terço do custo ao Estado”.

AUDIÊNCIA PÚBLICA – Em 2017, o deputado estadual Arnaldo (DEM) e a Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (Apac) de Frutal participaram de uma audiência pública na Assembleia Legislativa (ALMG). O intuito foi debater a implantação da unidade feminina e da construção de mais Apacs no estado.

A Apac é uma entidade civil, sem fins lucrativos, que se dedica à recuperação e reintegração social dos condenados a penas privativas de liberdade. Com um modelo diferenciado, a Apac oferece uma série de oportunidades e assistência em diversas áreas, cujo objetivo é promover a reinserção social dos detentos. Os presos têm acesso a cursos, oficinas e outras atividades. Atualmente, a Secretaria de Administração Prisional mantém parceria com 38 Apac’s, incluindo a de Frutal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>